UFABC: Dicas para os Bixos de 2013

guiadobixoufabc
Enquantos os bixos e bixetes esperam “até o Natal” para terem aula, publicamos mais uma vez, algumas verdades sobre a UFABC, que não foram ditas nas Dicas de 2012.
Não vale tanto a pena ler, mas provavelmente você não tem nada mais interessante para fazer:

Coisas que um bicho aprenderá na UFABC
Você aprenderá logo que:

– Nota 5 =10
– A assinatura mais bonita é aquela que seus amigos sabem copiar
– Comer a vontade é mais barato que andar de ônibus
– Andar na pracinha do carrefour não se pode ser um passeio agradável
– Janela a tarde = ir pro sinucao e chegar bebado na aula
– Adquira um GPS antes de ir pra alguma das festas (San Andreas não é gentil com você)
– Não é qualquer fígado que aguenta vodkas askov e balalaika
– Traga sempre um colete salva-vidas (Não é brincadeira)
– Traga sempre uma jaqueta para as salas-frigorífico do bloco B
– Se o professor falar que a prova vai ser tranquila, tranque a matéria
– Se seu professor for o Bonança não pense três vezes antes de trancar
– Se seu professor for o Pedro Sérgio não pense duas vezes
– Se seu professor for o Pimentel nem pense
– Pré-trote não é trote
– O 11º é só uma área para estudos e não um túnel de vento
– Aprender física e cálculo não é tão difícil assim quando ensinados em português
– Falarás 1000 vezes: Não, eu não faço UNIabc, eu faço FEDERAL do ABC
– Explicarás 2000 vezes o que é BC&T
– O segundo andar do bloco B é exclusivamente para se fazer o número 2
– Chavecarás a mulherzinha do R.U para ganhar mais carne
– O segredo da comida do R.U está na sua fome, depois de 1h30 de fila tudo fica mais gostoso
– É possível comer uma refeição com apenas 150 mL de “suco”
– Terminar a faculdade em 5 anos é impossível, Chuck Norris tentou e não conseguiu .!
– Explicarás 3597 vezes que BC&H NÃO É CIÊNCIAS SOCIAS
– sorrizinhos são sinais de promiscuidade 🙂
– Caminhões costumam derrubar postes em dias de prova
– Que toda publicação no grupo da UFABC causará polêmica (principalmente se conter a palavra “dce”)
– Todas as matérias que você precisa pegar na matrícula serão ofertadas no mesmo horário
-Não julgue uma pessoa pela aparência de nerd, muito menos a zoe, ela pode ser seu monitor.
– Nunca tirou 0 em nada? Se prepare.
– Não estacionarás nas vagas reservadas aos veteranos. Essas são aquelas dentro da federal.
– Algum dia sua aula será invadida pelo pessoal do Voz Ativa/Construção Coletiva
– Se o D começa em 3,5 tranque a matéria.

Postado originalmente por Rafael Souza

Dilma contrata novo encanador para o Ministério da Educação

OBS: O texto abaixo não representa a opinião dos autores deste blog.
Texto publicado pelo Jornalista da Veja, Reinaldo Azevedo:

Entre todas as pastas, a mais maquiada é, sem dúvida, a de Haddad. A multiplicação das universidades federais, na escala anunciada, já demonstrei aqui, é uma farsa. Haddad conseguiu desmoralizar o antigo provão, hoje chamado “Enade”, e o Enem. O desempenho do governo federal no ensino técnico é uma lástima, e houve uma brutal desaceleração no processo de ingresso de alunos no ensino médio. O que vai bem, à sua maneira, é a transferência de recursos públicos para as mantenedoras privadas por intermédio do Prouni. Haddad é aquele que deu sinal verde para a distribuição do chamado “kit gay”, aquele, sabem, que dizia que um adolescente bissexual tem “50% a mais de chance” de ter com quem “ficar” num fim de semana. O erro, como sabem, não é só de ética, mas também de matemática. O certo seria, se fosse, 100%… Mercadante, sob esse estrito ponto de vista, é um substituto à altura.

Nestes dias em que voltam a ficar em evidência os quadrilheiros especializados em dossiês, cumpre lembrar o dos aloprados. O objetivo, também naquele caso — parece ser uma obsessão dessa gente — era destruir a reputação de José Serra, então adversário de Mercadante na disputa pelo governo de São Paulo, em 2006. Se a polícia não estivesse monitorando a canalha, o assunto teria sido noticiado como se verdade fosse, restando a Serra protagonizar o “outro lado”… O homem que levava a mala de dinheiro — R$ 1,7 milhão — era Hamilton Lacerda, braço-direito do atual ministro da Ciência e Tecnologia e futuro ministro da Educação.Ninguém foi punido. Ah, sim: Lacerda deixou o PT, mas já está de volta.

Dilma gostou da atuação de Mercadante, especialmente na reta final da campanha de 2010. Ele foi um dos defensores da estratégia de endurecimento com a oposição, insistindo que era preciso advertir a população e os mercados (!!!) para o “risco” que representava a eventual eleição de Serra!!! Grande sujeito! Mercadante é aquele rapaz que conseguiu convencer Lula de que o Plano Real seria um desastre… Felizmente, Lula acreditou…

Mercadante tem tudo para dar seqüência à obra maquiada de Haddad, até porque se tornou notável por maquiar o próprio currículo, não é mesmo? No dia 16 de agosto de 2006, eu o peguei no pulo. Cito trecho:
(…)
No debate da TV Gazeta, aquele que ninguém viu – ou quase, hehe -, o candidato do PT ao governo de São Paulo disse: ‘Fiz mestrado e doutorado [em economia] na Unicamp”. Ops! Não fez, não. Vai ter de mostrar o canudo. Mas, para mostrar, terá de fabricar um primeiro. Busquem lá as informações na universidade: ele até acompanhou algumas aulas do doutorado, mas foi desligado do programa. Vaidoso que é, até pode se considerar um doutor honorário – em economia ou no que quer que seja. Mas doutor em economia pela Unicamp, ah, isso ele não é. Esses petistas… Ou fazem a apologia da ignorância, como o Apedeuta-chefe, ou tentam exibir galardões intelectuais que não têm. […]

Ridículo
Mercadante, um homem destemido, comprovadamente sem medo do ridículo, não teve dúvida: respondeu a questão — ou melhor: não respondeu — atacando o preço dos pedágios em São Paulo!!! E saiu de lá com o título de “doutor”, conquistado com uma peroração de caráter puramente político. E ATENÇÃO PARA O QUE VEM AGORA.

COMO SABEM TODOS OS JORNALISTAS DE ECONOMIA DESTEPAIZ, Mercadante se esforçou brutalmente ao longo de 2003 para derrubar Antônio Palocci. Não houve repórter da área a quem não tenha dado um off pregando o que se chamava, então, “Plano B” na economia. E se fez doutor defendendo o que combateu. Um portento!

Nunca antes na história da Unicamp defesa de tese tinha sido feita em tom de comício. Mercadante, um revolucionário! E só para arrematar: ao nomear Mercadante, Dilma já está indicando o candidato do PT ao governo de São Paulo em 2014.

Por Reinaldo Azevedo

Nota de corte em medicina na UFF no Sisu supera pontuação máxima do Enem

O curso de medicina da UFF (Universidade Federal Fluminense) tem a maior nota de corte do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) 2012 -e está acima da maior nota possível que um estudante poderia ter tirado no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2011. Nesta quarta-feira (11), a nota mínima da carreira estava em 913,13, por causa do bônus de 20% dado a alunos de escolas públicas municipais e estaduais.

Se forem somadas e divididas por cinco as notas máximas em cada uma das matérias do Enem, mais a redação, a média final seria 881,76. A UFF determina peso um para as disciplinas.

Em outros cursos de medicina, as notas são altas, mas não superam as da instituição fluminense. Na UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), por exemplo, a nota de corte é 822,56, para 96 vagas; na UFU (Universidade Federal de Uberlândia), 817,83, para 20 vagas.

São oferecidas 36 vagas pelo Sisu e 144 pelo vestibular tradicional. A partir do próximo processo seletivo, a UFF usará somente as notas do Enem.

Só alunos de escolas públicas

A nota alta da UFF pode fazer com que todos os 36 aprovados no Sisu em medicina sejam de escolas públicas, já que, por não receber bônus, a nota máxima que um aluno de instituição particular pode ter é exatamente a média das cinco maiores do Enem -881,76.

Descontando-se o bônus de 20% da nota de corte, chega-se à nota real 760,94. Como as notas de corte mudam diariamente, é possível que essa “nota mínima” seja ainda maior no fechamento do sistema.

O coordenador-geral do vestibular da UFF, Néliton Ventura, disse que a função do bônus concedidos a alunos da rede pública não é “alijar” ninguém da universidade, mas que ajudaria a corrigir uma distorção. “Escola pública estadual ou municipal não tem o desempenho de uma [escola] privada, de modo que poucos candidatos [hoje] são oriundos de públicas. A gente observa que o desempenho de egressos [de instituições particulares] é bem superior”, disse.

Fonte: UOL

Número de inscrições no Sisu já supera 2010, e o bacharelado em Ciência e tecnologia da UFABC é o curso mais procurado do Brasil

O número de inscritos no Sisu (Sistema de Seleção Unificada) já supera a marca de 2010, segundo o MEC (Ministério da Educação).

Mais de 1,5 milhão de inscrições foram realizadas desde domingo (16) até as 18h desta quarta-feira (19), o que totaliza cerca de 800 mil estudantes cadastrados. No ano passado, foram registrados 793 mil vestibulandos no sistema. O número de inscrições é maior neste ano porque o mesmo candidato pode escolher dois cursos diferentes e, com isso, fazer dois cadastros, o que não acontecia em 2010, afirma o ministério.

O Sisu permite que estudantes disputem mais de 83 mil vagas de ensino superior em universidades e institutos de educação federais usando a nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). A ideia é substituir o vestibular das instituições pela prova, unificando os processos seletivos. O prazo de inscrições vai até amanhã, quinta-feira (20).

O curso mais procurado continua sendo o bacharelado em ciência e tecnologia da UFABC (Universidade Federal do ABC), diz o MEC. Mais de 12,2 mil estudantes haviam se inscrito para disputar as vagas.

A carreira de medicina da UFC (Universidade Federal do Ceará) ainda é a segunda colocada no ranking, com 10.414 candidatos inscritos disputando 300 vagas.

Erros

Estudantes relataram problemas de acesso à página de inscrição do Sisu na internet, no domingo (16) e na segunda (17). O site ficou sobrecarregado devido ao grande número de acessos. Anteontem, após manutenção dos equipamentos do Sisu, os alunos que acessaram o sistema encontraram informações de outros candidatos.

O “vazamento” durou até 22h, de acordo com os relatos de estudantes recebidos pelo R7. O MEC nega que os dados tenham vazado e diz que as informações não puderam ser alteradas nesse período.

Divulgação dos resultados

Por conta dos problemas no Sisu, a DPU (Defensoria Pública da União) e o MPF (Ministério Público Federal), ambos os órgãos situados no Ceará, entraram na Justiça contra o Sisu.

Os órgãos pedem que a divulgação dos resultados do sistema sejam cancelados e os candidatos do Enem possam ter acesso ao espelho de respostas das provas, além de direito a entrar com recurso contra as notas recebidas no exame.

Demissão

O pedido de demissão de Joaquim Soares Neto, que dirigia o Inep (instituto do MEC responsável pelo Enem), veio à tona nesta terça-feira (18) depois de falhas com o Enem e, mais recentemente, com o Sisu.

A informação foi publicada no Diário Oficial da União. Malvina Tuttman, reitora da Unirio (Universidade Federal do Estado do Rio), vai assumir o cargo.